Frankfurt – O governo alemão pediu nesta terça-feira que o público deixe temporariamente de usar o Internet Explorer, da Microsoft, após a descoberta de um erro ainda não consertado no navegador da web que a fabricante de softwares disse tornar computadores vulneráveis a ataques de hackers.

A falha de segurança, que afetou centenas de milhões de navegadores Internet Explorer em todo o mundo, chegou ao conhecimento do público no fim de semana.

O problema com o navegador da Microsoft deixa os computadores com Windows vulneráveis a vários tipos de Cavalos de Tróia nas versões 7 e 8 do software. Com isso, o governo da Alemanha aconselhou o público a utilizar um aplicativo alternativo temporariamente.

“É necessário temer uma dispersão rápida do código”, disse o governo alemão em comunicado.

O BSI também questionou a Microsoft sobre as dificuldades com a segurança e prazos para que o problema seja resolvido.

A Microsoft não disse quanto tempo demorará, mas diversos especialistas em segurança afirmaram esperar que a atualização saia dentro de uma semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Post Navigation